Tag Archives: coragem

Coragem

coragem
 

 

A maior coragem que o cristão deve ter

Introdução: Deus nos chamou para sermos corajosos, desde o Éden Ele nos vê como homens e mulheres corajosos, nos deu funções e tarefas só dadas a valentes: “Gn 1.28: E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.”
Muitas outras vezes Deus nos fala sobre sermos corajosos e ousados: 2 Tm 1:7 Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação. At 4:31 Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus. Portanto Deus nos vê e nos quer como filhos corajosos, porque Ele sabe que para sermos cristãos verdadeiros, precisamos ter coragem.
A coragem na vida cristã deve ocorrer em todas as áreas em especial quando somos tentados, com tentações de todos os tipos. O difícil é ter coragem para resistir a tentação. Muitos não conseguem e se declaram incapazes de vencê-las. Mas Deus nos diz: 1 Co 10:13 Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar. E mais, que a origem de nossas tentações são as nossas próprias cobiças: Tg 1:14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Veja como podemos resistir as tentações:

1º. Ter coragem de identificar nossas fraquezas espirituais - Isso é complicado porque temos uma tendência de tentar sepultá-las, no profundo de nossas almas. Se formos perguntados: “qual seu defeito?”… pensamos, ficamos sem graça e dizemos: “meu principal defeito é ser bom…” Ser bom é qualidade! Na verdade não conseguimos nos expor e dissimulamos!

2º. A Bíblia esta cheia de exemplos de homens que tinham fraquezas - Ex 2.11, revela uma fraqueza de Moises., a ira, que o acompanhou até mesmo quando conduzia o povo pelo deserto (sua ira o levou a quebrar as tábuas dos mandamentos escritas pelo próprio Deus). 1 Reis 19.1: Elias no verso 5 mostra sua fraqueza a depressão. Após uma grande vitória ele foge por medo. O grande profeta reduzido a um deprimido pela fraqueza. Gn 27.30: Jacó com sua fraqueza de ser enganador, desestabilizou toda a sua família, por que tinha um caráter com desvio. No verso 41 encontramos Esaú declarando que passou a ter ódio a Jacó, a ponto de desejar matá-lo. Mt 26.34: Pedro também tinha sua fraqueza que era a inconstância… parecia uma montanha russa, ora avançando para o alto com força, ora despencando com uma velocidade absurda.

3º. Que áreas de nossas vidas devem ser confrontadas? As vezes achamos que só as grandes falhas precisam ser tratadas, estas são logo que nos tornamos crentes, estas quase sempre não nos fazem pecar. O problema são as pequenas, quase imperceptíveis, com essas, sejamos francos, não gostamos de lidar mas precisamos! Quando Jesus disse a Pedro que o trairia, ele não reconheceu sua fraqueza disse: Não! Terminou por negar a Jesus…mesmo antes tendo declarado que nunca o abandonaria. O que Pedro deveria ter feito era cair aos pés do Senhor e reconhecer sua fraqueza, sua inconstância. Quantas vezes Espírito Santo nos dá esta oportunidade! Ele mostra a verdade de quem somos, mas nós preferimos fazer de conta que não ouvimos, olhamos para o outro lado, nem parece que é com a gente! Mas a Palavra de Deus diz que a tentação “depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.” (Tg 1.15)

4º. Identifique sua fraqueza, veja qual é – quando você não tem coragem para identificar suas fraquezas dificilmente conseguirá lidar com elas. Corra para Jesus. Ele é o único capaz de restaurar você e livrá-lo delas. Está noite Deus quer te dar a coragem para identificar e vencer suas fraquejar. Ele te deu o espírito de intrepidez, de ousadia. Seja ousado hoje e saia daqui vitorioso sobre suas fraquezas.


ATITUDE DE FORÇA, FIRMEZA E CORAGEM

Provérbios 23:7: “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é; ele te diz: Come e bebe; mas o seu coração não está contigo.”

            Aprendemos que aquilo que pensamos, aquilo que está dentro da nossa mente, dos nossos pensamentos se reflete nas nossas ações. Tu precisas saber disto: Tu não podes mudar a sociedade, não podes mudar o teu marido, não podes mudar a tua esposa e não podes mudar as leis do teu país. A única coisa que tu podes mudar és tu mesmo.

Quando tu mudas, por causa da Palavra de Deus, todas as coisas do teu universo começam a mudar. Lê Filipenses 2:5.

            Paulo, escrevendo aos Romanos 12:2, diz: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Portanto, vê: nós que devemos nos transformar. Devemos mudar os nossos pensamentos. Especialmente, tu que vens enfrentando adversidades, que vens enfrentado lutas, que vens enfrentando situações que chegaram a tua vida e que Satanás insiste em manter como força contra ti. Tu precisa mudar! Lê Isaías 26:3.

            Vejamos ainda o que disse Paulo, quando escreveu aos Coríntios, em 1 Coríntios 2:16: “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.”

            O que tu pensas, hoje, é o resultado das experiências que tu tiveste em toda a tua vida. Vamos pensar juntos em alguma coisa bem prática: Tu sabes, o mundo era diferente. As coisas mudaram com a evolução, e o sistema envenenou a família, envenenou os casamentos, destruiu relações, destruiu sonhos, destruiu esperanças e, pior do que isso, os líderes evangélicos e cristãos, que aceitaram, começaram a ver o cristianismo descaracterizado.

            Hoje, muito do que se chama cristianismo, aí fora, é um mero comércio com as coisas de Deus. O cristianismo está descaracterizado. Os tempos são esses. Os tempos mudaram, mas a Palavra não mudou. Os tempos mudaram, mas Jesus é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Os tempos mudaram, os costumes mudaram, o sistema mudou, mas o Deus a quem servimos disse: “Eu sou o mesmo de ontem, de hoje e para sempre.” Ele não muda. Glória ao Senhor, ao Cordeiro de Deus.

Portanto, nós, que somos cristãos, devemos entender que as nossas atitudes, por causa dessas verdades que o Espírito Santo imputou ao nosso espírito, determinam o nosso sucesso ou a nossa falha. Deus te deu a capacidade de teres atitudes firmes, de teres atitudes convictas, de teres atitudes poderosas. Agora, quem vive em ti é maior do que aquele que está neste mundo.Tu passaste a viver por fé, não mais pelo que tu vês. Tu te tornaste uma nova criatura e as tuas atitudes mudaram. Sem perceberes, mudaste o teu vocabulário.

            As pessoas que te cercam, que são da tua intimidade, mudaram. Tu não podes ter parte com as trevas, porque tu és luz e luz não se mistura com as trevas. Tu não te associas mais ao ímpio porque a nossa sociedade é com quem tem Jesus. Tu és, hoje, uma pessoa feliz, salva, livre, santificada, liberta pelo poder do Sangue de Jesus Cristo.

            Tu sabes que as tuas atitudes, hoje, são corajosas, são firmes porque tu tens a mente de Cristo. Tu não és controlado pelas crises do mundo.

            Então, amado, o mundo está cheio de cristãos em crise. Às vezes, só se lembram de Jesus na hora do problema e, muitas vezes, nem se lembram de Jesus. Mas, se tu estás aprendendo a revelação da Graça de Deus e se tu aprendeste a viver o cristianismo, precisas te tornar indubitavelmente uma pessoa estável e madura. Lê 1 Coríntios 13:11.

Todos nós enfrentamos, no passado, ou enfrentaremos, ou estamos enfrentando, hoje, situações que, se não tirarmos de dentro de nós as atitudes corajosas, firmes, com pensamentos bíblicos, talvez nos deixemos nos acovardar.

Eu gosto muito de algumas passagens bíblicas que me encorajam. Um dos personagens que mais mexe com a minha vida é Davi.

            Nos dias de Davi, o Rei Saul tinha um exército de quarenta e cinco mil homens poderosos de guerra. Mas, um homem, que era grande, começou a berrar. Diz em 1 Samuel 17:10: “Disse mais o filisteu: Hoje, afronto as tropas de Israel. Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.”

            Esse gigante não sabia que poderia perder alguma batalha. Ele era arrogante. Ele não imaginava que alguém poderia se levantar para confrontá-lo. Ele não imaginava que alguém, no meio daquela gente toda, poderia ter uma atitude corajosa.

            E Davi ouviu o gigante desafiador. Davi era um homem convicto, firme e corajoso. Ele tomou o posicionamento que tu precisas também tomar. Diz 1 Samuel 17:26: “Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?”

            Davi sabia que o gigante diante de Deus era um “Zé ninguém”. Meu irmão, esse homem corajoso, forte, firme e cheio de auto-confiança, não se baseava na carne nem nos livros de auto-ajuda, mas em Deus.

            Diz em 1 Samuel 17:40: “Tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco pedras lisas do ribeiro, e as pôs no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão; e, lançando mão da sua funda, foi-se chegando ao filisteu.”

Quando Davi pegou cinco pedras, botou no alforje, pegou uma funda para atirar, na realidade, isso simbolizava o quê? Ele botou aquela pedrinha lá e começou a girar, dizendo: “Está escrito! Está Escrito! Está escrito! Está escrito!” Ele confiava em Deus.

O que são as cinco pedras? As cinco pedras tipificam os cinco ministérios: Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres.

O cajado que ele tinha, esse bordão, o que significava? Significa a autoridade de Deus na vida do cristão.

Vê 1 Samuel 17:45: “Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens contra mim com espada, e com lança, e com escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.”

            O que eu percebo nessa passagem? Que quem é teu inimigo, na realidade, é inimigo de Deus. Quem é teu adversário, na realidade, é adversário de Deus. Se tu vens sendo afrontado, quem está sendo afrontado é Deus.

Davi teve uma atitude: Ele agiu, não ficou sentado com seus irmãos, com o exército, falando do adversário, das dificuldades, porque este é o grande erro da maioria das pessoas: quando se deparam com dificuldades, falam da dificuldade, pensam na dificuldade, sonham com a dificuldade, confessam a dificuldade.

Davi atacou o problema de frente e sem medo. Por quê? Porque Davi esperava a vitória da parte de Deus, cujo nome é inefável.

            Amado, existe o Deus poderoso e vivo que age sobrenaturalmente em nosso favor. O nosso Deus não é um ídolo morto dos pagãos. Ele não é uma imagem sentada em cima de um cavalo. Ele não é uma imagem doce de uma santinha. Não! Ele é Senhor! E o diabo sabe disso! Nós não nos acovardamos com absolutamente nada. Não importa de onde vem a ameaça, não importa de onde vem a voz. Há uma voz de trovão sobre essas vozes.

            Tu sabes de uma coisa? Há uma tarefa que Deus entregou a mim e a ti. Amado, Deus deu uma tarefa a ti, senhora, uma tarefa a ti, irmão: Tu tens que derrotar os sofrimentos, as doenças, as crises, porque o Deus do Favor está a favor de ti. Nós temos o nome de Jesus. Nós temos a autoridade da Palavra. Nós temos o poder de Deus. Os anjos nos cercam, nos servem. Se há um problema, se há uma crise, se há uma doença, se há uma ameaça, não valorizes o diabo. Enfrenta o problema! Derrota o problema! Sê contra o problema! Eu e tu já somos vitoriosos, em nome de Jesus Cristo. Lê Zacarias 4:6.

            Guarda este versículo para sempre. Diz o Salmo 62:11: “Uma vez falou Deus, duas vezes ouvi isto: Que o poder pertence a Deus,”. A quem pertence o poder? Ao demônio, ao diabo, à pombagira, ao sete catacumbas, a ele é que pertence? Não! Pertence a quem? A Deus. Lê o Salmo 44:6-7.

            Se a Igreja pudesse ser derrotada, se um cristão fiel pudesse ser derrotado, Deus seria derrotado, seria envergonhado. Deus cobre de vergonha os que te odeiam. Lê o Salmo 33:16-22.

Amado, temos uma tarefa. Deus deu esta tarefa a ti, amada: na tua família, onde tu vais levantar, hoje, com ousadia e dizer: “Tudo bem, tu és grande, mas quem está em mim é maior.”

Lê 1 Samuel 17:47: “Saberá toda esta multidão que o SENHOR salva, não com espada, nem com lança; porque do SENHOR é a guerra, e ele vos entregará nas nossas mãos.” E aí começa a atitude corajosa!

Diz a Palavra do Senhor, em 1 Samuel 17:48: “Sucedeu que, dispondo-se o filisteu a encontrar-se com Davi, este se apressou e, deixando as suas fileiras, correu de encontro ao filisteu.”

O que Davi estava dizendo? “Eu não vou ficar aí enrolado com vós. Vou enfrentar a questão.”

Mostra 1 Samuel 17:49: “Davi meteu a mão no alforje, e tomou dali uma pedra, e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa; a pedra encravou-se-lhe na testa, e ele caiu com o rosto em terra.”

            O que parecia ser uma tarefa gigantesca, avassaladora, foi resolvida num segundo, pelo poder de Deus. Todos estavam esperando um conflito sangrento longo e agonizante e Deus completou rapidamente e definitivamente o problema.

            O poder de Deus substitui as nossas fraquezas, na carne. O muito de Deus substitui o pouco que tu possas ter, hoje. Por que, Apóstolo? Porque as nossas armas são espirituais, são poderosas para destruir fortalezas, sofismas, altivezes. As nossas armas são de fogo. Deus vai mandar o Seu anjo com a espada flamejante de fogo. Deus vai mandar Miguel, o defensor do povo. Deus vai mandar Gabriel, o arcanjo das Boas Novas. O poder de Deus torna obsoleto qualquer poder gigante desta Terra. O poder de Deus torna obsoleto, sem força, qualquer poder desta Terra.

Sabes o que Davi fez? Vê 1 Samuel 17:51: “Pelo que correu Davi, e, lançando-se sobre o filisteu, tomou-lhe a espada, e desembainhou-a, e o matou, cortando-lhe com ela a cabeça. Vendo os filisteus que era morto o seu herói, fugiram.” Olha, o gigante estava caído e não estava morto. Estava desmaiado. Só estava dando um “chilique”.

            Tu sabes o que Deus faz? Deus impõe terror aos nossos inimigos. Deus impõe pânico aos nossos inimigos. Deus aterroriza os nossos inimigos. Armas forjadas não prosperarão contra nós. Não podem prosperar. A língua que ousar contra ti, em juízo, tu a condenarás. É a tua herança. É o teu direito. Não temas, o Senhor é contigo.

            Deus me deu a tarefa, Deus te deu a tarefa de confrontar o gigante, hoje. Se Ele abriu o Mar Vermelho, se Ele abriu o Rio Jordão, se Ele derrubou as muralhas de Jericó, se Ele estava na fornalha com Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, se Ele estava na cova dos leões com Daniel, é porque Ele dá a saída onde não há saída. Ele disse: “Se o inimigo vem por um caminho, tem que pular fora por sete caminhos.”

            A nossa força não é suficiente. O nosso intelecto não é suficiente. A nossa educação cultural não é suficiente. Isso é muito pouco. É muito pouco. Mas, no dia da adversidade, Deus faz do pouco, muito.

Ele disse no Salmo 50:15: “invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.”

Invoca-Me! Não te acovardes! Não baixes a cabeça! Não fiques com medo! Invoca-O no dia da angústia porque Ele te livrará!

A Bíblia diz: “Se tu pedires, tu receberás! O que tu ligares na Terra, vai ser ligado nos céus. O que tu desligares na Terra, será desligado nos céus!” Deus não faz nada até que nós creiamos que Ele pode fazer tudo. Até que nós enfrentemos, no Seu Nome, todas as adversidades da vida. Ele é El Shaddai.Ele é o Todo-Poderoso. Ele é Emanuel. Ele é Jeovah Jireh, o Provedor. Ele é o Deus da Glória. Ele é a Luz do mundo. Ele é o Leão da tribo de Judá. Ele é Rei de reis. Ele é Senhor de senhores. A trombeta de Deus está tocando. Anjos e arcanjos estão trazendo vitória, estão livrando, curando e salvando.

            Portanto, hoje é o teu dia de vitória. Não importa se tu és novo, se tu és velho. Deus usa as adversidades para veres a Glória de Deus. Deus faz exatamente como faz a mãe águia. Tu sabes como é que a mãe águia treina seus filhotes? Nós temos um livro lindo explicando isto, chamado: O VÔO DA ÁGUIA E O SUCESSO DO HOMEM.

            A mãe águia, quando tem os seus filhotes dentro do ninho, vai, pega a carne, mata o animal e traz, coloca na boca dos seus filhotes, mas há um dia em que mamãe águia chega e diz: “Filho, filha, tu nasceste para ser grande! Tu nasceste para confrontar os ventos da Terra! Tu nasceste para poder olhar o sol! Tu nasceste para sair deste ninho, para enfrentar a vida conforme mamãe e papai enfrentam.” Mesmo que o filhote da águia diga: “Mamãe, esquece isso! Eu estou aqui vendo a Xuxa e o Faustão!” A mamãe águia insiste: “Não, não, não! Tu vais ter que voar!”

            Tu sabes o que a mãe faz? Com o bico empurra o filhote e fica na beira do ninho, lá em cima do penhasco e o filhote vem caindo. E, se ela percebe que as asas não batem, ela passa por baixo e traz de volta o filhote para o ninho. E joga pela segunda vez. E ela vai lá outra vez e pega. Quando é a décima queda livre, ele começa a bater as asas. E começa a dizer: “Não é que eu nasci para vencer?” “Não é que eu nasci para voar?” “Não é que a minha mãe tinha razão.” “Vamos à vida.”

            Amado, hoje, tu vais voar alto. Hoje, tu vais cumprir o teu destino. Hoje, tu estás nas asas do Espírito. Hoje, tu terás coragem, firmeza e não temerás. Tu és a Noiva de Cristo. Tu és vencedora. Jesus não pode falhar. A Igreja não pode ser derrotada, por mais que principados e potestades chiem, gritem, ameacem, esperneiem, o nosso Deus avalizou com o Seu Sangue, dizendo em Apocalipse 12:11: “Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida.”

            Eles o venceram, a despeito de suas vidas, se entregaram à Verdade de Deus. Então, começa a voar, hoje, alto. Ainda que tu me digas: “Eu vou cair, Apóstolo. Eu sou pequeno. Não vou agüentar. Minhas asas não agüentam. Minhas penas já estão se acabando.” Deus pega o teu pouquinho e bota injeção do muito, na tua vida!

            Tu terás casa própria, um emprego com dignidade, um salário com sobras, comerás o melhor da Terra, vestir-te-ás bem, os teus filhos vão ter direito a estudar. Tu quebraste a maldição que estava sobra a tua família. A partir da tua vida começa a bênção de Deus.

            Começa a voar alto. Começa a esticar as tuas asas. Tu nasceste para voar alto. Tu nasceste para viver num nível superior de vida. Tu nasceste para confrontar. Tu nasceste para enfrentar. Tu nasceste para vencer. Agora, se tu começas a baixar a cabeça, a acovardar-te e dizer: “Sei lá, mas o que o vizinho vai dizer de mim?” Eu te digo: O vizinho? O vizinho é que paga as tuas contas? “Mas, o que a minha filha vai dizer?” A tua filha?! Eu tenho uma tia que é católica até às medulas. Eu vou a sua casa, oro e falo de Jesus. Ela já veio aqui e ficou me olhando e disse: “Ângelo, cuidado com o purgatório. Se você não segue Nossa Senhora, você vai arder.” Eu disse: Arder?! Continua seguindo Nossa Senhora que tu vais ver onde é que vais arder.

            O inimigo fica super feliz quando vê uma Igreja quebrada, arriada, quando vê um povo covarde, de cabeça baixa. Na hora de dar “Glória a Deus” não sai nada. Na hora de levantar a mão, só levanta um dedo.

            Sabes o que Deus quer? Ele quer que tu tenhas um cântico de vitória! Glória a Deus. Aleluia. Glória a Deus. Já caiu! Já caiu! Já caiu! Glória a Deus. És tu que tens a tarefa. És tu que tens a tarefa de vencer. És tu que tens a tarefa de confrontar. O teu pouco com o muito de Deus vai ser poderoso!

            Há, se eu tivesse ouvido essas verdades quando era garoto. Eu fiquei rezando muitos anos para estátuas e para ídolos. Ídolos pagãos. Eu olhava com tristeza aquele rosto ensangüentado e dizia: “Porque não fui eu?” E o ídolo olhava para mim e dizia: “E tu podias?” E eu não sabia que ali estava nada. Boca que não fala, nariz que não cheira, mãos que não apalpam, pés que não andam. Ídolos pagãos.

            Naquele dia, na cama de um hospital, apodrecido em vida, condenado pela medicina, incapacitado pelos homens, chegou a hora. E, quando me mandaram abrir em Jó 19:25: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra.” Está aqui o resultado do Senhor na minha vida.

Crê. Tu tens a tarefa de derrotar esse gigante. Vamos nos unir. Vamos nos unir, irmão, em fé. Nós temos que ver instantaneamente o câncer cair, o tumor cair, o problema cair, a ameaça cair, não importa de onde vem, ou onde tu estás. O importante é ouvir a voz daquele que é Leão da tribo de Judá. Ele disse: “Vou ser por ti! Não importa quem seja contra.” Recebe essa Palavra! Recebe essa missão de derrotar o mal na tua família, na tua casa. Recebe o sinal da vitória de Deus. Em nome de Jesus.

ASSIM SEJA, ASSIM DISSE O ESPÍRITO DA GRAÇA DE DEUS!


 

CORAGEM

Provérbios 23:7: “Porque, como imagina em sua alma, assim ele é; ele te diz: Come e bebe; mas o seu coração não está contigo.”

 

Aprendemos que aquilo que pensamos, aquilo que está dentro da nossa mente, dos nossos pensamentos se reflete nas nossas ações. Tu precisas saber disto: Tu não podes mudar a sociedade, não podes mudar o teu marido, não podes mudar a tua esposa e não podes mudar as leis do teu país. A única coisa que tu podes mudar és tu mesmo.

 

Quando tu mudas, por causa da Palavra de Deus, todas as coisas do teu universo começam a mudar. Lê Filipenses 2:5.

 

Paulo, escrevendo aos Romanos 12:2, diz: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

 

Portanto, vê: nós que devemos nos transformar. Devemos mudar os nossos pensamentos. Especialmente, tu que vens enfrentando adversidades, que vens enfrentado lutas, que vens enfrentando situações que chegaram a tua vida e que Satanás insiste em manter como força contra ti. Tu precisa mudar! Lê Isaías 26:3.

 

Vejamos ainda o que disse Paulo, quando escreveu aos Coríntios, em 1 Coríntios 2:16: “Pois quem conheceu a mente do Senhor, que o possa instruir? Nós, porém, temos a mente de Cristo.”

 

O que tu pensas, hoje, é o resultado das experiências que tu tiveste em toda a tua vida. Vamos pensar juntos em alguma coisa bem prática: Tu sabes, o mundo era diferente. As coisas mudaram com a evolução, e o sistema envenenou a família, envenenou os casamentos, destruiu relações, destruiu sonhos, destruiu esperanças e, pior do que isso, os líderes evangélicos e cristãos, que aceitaram, começaram a ver o cristianismo descaracterizado.

 

Hoje, muito do que se chama cristianismo, aí fora, é um mero comércio com as coisas de Deus. O cristianismo está descaracterizado. Os tempos são esses. Os tempos mudaram, mas a Palavra não mudou. Os tempos mudaram, mas Jesus é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Os tempos mudaram, os costumes mudaram, o sistema mudou, mas o Deus a quem servimos disse: “Eu sou o mesmo de ontem, de hoje e para sempre.” Ele não muda. Glória ao Senhor, ao Cordeiro de Deus.

 

Portanto, nós, que somos cristãos, devemos entender que as nossas atitudes, por causa dessas verdades que o Espírito Santo imputou ao nosso espírito, determinam o nosso sucesso ou a nossa falha. Deus te deu a capacidade de teres atitudes firmes, de teres atitudes convictas, de teres atitudes poderosas. Agora, quem vive em ti é maior do que aquele que está neste mundo.Tu passaste a viver por fé, não mais pelo que tu vês. Tu te tornaste uma nova criatura e as tuas atitudes mudaram. Sem perceberes, mudaste o teu vocabulário.

 

As pessoas que te cercam, que são da tua intimidade, mudaram. Tu não podes ter parte com as trevas, porque tu és luz e luz não se mistura com as trevas. Tu não te associas mais ao ímpio porque a nossa sociedade é com quem tem Jesus. Tu és, hoje, uma pessoa feliz, salva, livre, santificada, liberta pelo poder do Sangue de Jesus Cristo.

 

Tu sabes que as tuas atitudes, hoje, são corajosas, são firmes porque tu tens a mente de Cristo. Tu não és controlado pelas crises do mundo.

 

Então, amado, o mundo está cheio de cristãos em crise. Às vezes, só se lembram de Jesus na hora do problema e, muitas vezes, nem se lembram de Jesus. Mas, se tu estás aprendendo a revelação da Graça de Deus e se tu aprendeste a viver o cristianismo, precisas te tornar indubitavelmente uma pessoa estável e madura. Lê 1 Coríntios 13:11.

 

Todos nós enfrentamos, no passado, ou enfrentaremos, ou estamos enfrentando, hoje, situações que, se não tirarmos de dentro de nós as atitudes corajosas, firmes, com pensamentos bíblicos, talvez nos deixemos nos acovardar.

 

Eu gosto muito de algumas passagens bíblicas que me encorajam. Um dos personagens que mais mexe com a minha vida é Davi.

 

Nos dias de Davi, o Rei Saul tinha um exército de quarenta e cinco mil homens poderosos de guerra. Mas, um homem, que era grande, começou a berrar. Diz em 1 Samuel 17:10: “Disse mais o filisteu: Hoje, afronto as tropas de Israel. Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.”

 

Esse gigante não sabia que poderia perder alguma batalha. Ele era arrogante. Ele não imaginava que alguém poderia se levantar para confrontá-lo. Ele não imaginava que alguém, no meio daquela gente toda, poderia ter uma atitude corajosa.

 

E Davi ouviu o gigante desafiador. Davi era um homem convicto, firme e corajoso. Ele tomou o posicionamento que tu precisas também tomar. Diz 1 Samuel 17:26: “Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?”

 

Davi sabia que o gigante diante de Deus era um “Zé ninguém”. Meu irmão, esse homem corajoso, forte, firme e cheio de auto-confiança, não se baseava na carne nem nos livros de auto-ajuda, mas em Deus.

 

Diz em 1 Samuel 17:40: “Tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco pedras lisas do ribeiro, e as pôs no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão; e, lançando mão da sua funda, foi-se chegando ao filisteu.”

 

Quando Davi pegou cinco pedras, botou no alforje, pegou uma funda para atirar, na realidade, isso simbolizava o quê? Ele botou aquela pedrinha lá e começou a girar, dizendo: “Está escrito! Está Escrito! Está escrito! Está escrito!” Ele confiava em Deus.

 

O que são as cinco pedras? As cinco pedras tipificam os cinco ministérios: Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres.

 

O cajado que ele tinha, esse bordão, o que significava? Significa a autoridade de Deus na vida do cristão.

 

Vê 1 Samuel 17:45: “Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens contra mim com espada, e com lança, e com escudo; eu, porém, vou contra ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.”

 

O que eu percebo nessa passagem? Que quem é teu inimigo, na realidade, é inimigo de Deus. Quem é teu adversário, na realidade, é adversário de Deus. Se tu vens sendo afrontado, quem está sendo afrontado é Deus.

 

Davi teve uma atitude: Ele agiu, não ficou sentado com seus irmãos, com o exército, falando do adversário, das dificuldades, porque este é o grande erro da maioria das pessoas: quando se deparam com dificuldades, falam da dificuldade, pensam na dificuldade, sonham com a dificuldade, confessam a dificuldade.

 

Davi atacou o problema de frente e sem medo. Por quê? Porque Davi esperava a vitória da parte de Deus, cujo nome é inefável.

 

Amado, existe o Deus poderoso e vivo que age sobrenaturalmente em nosso favor. O nosso Deus não é um ídolo morto dos pagãos. Ele não é uma imagem sentada em cima de um cavalo. Ele não é uma imagem doce de uma santinha. Não! Ele é Senhor! E o diabo sabe disso! Nós não nos acovardamos com absolutamente nada. Não importa de onde vem a ameaça, não importa de onde vem a voz. Há uma voz de trovão sobre essas vozes.

 

Tu sabes de uma coisa? Há uma tarefa que Deus entregou a mim e a ti. Amado, Deus deu uma tarefa a ti, senhora, uma tarefa a ti, irmão: Tu tens que derrotar os sofrimentos, as doenças, as crises, porque o Deus do Favor está a favor de ti. Nós temos o nome de Jesus. Nós temos a autoridade da Palavra. Nós temos o poder de Deus. Os anjos nos cercam, nos servem. Se há um problema, se há uma crise, se há uma doença, se há uma ameaça, não valorizes o diabo. Enfrenta o problema! Derrota o problema! Sê contra o problema! Eu e tu já somos vitoriosos, em nome de Jesus Cristo. Lê Zacarias 4:6.

 

Guarda este versículo para sempre. Diz o Salmo 62:11: “Uma vez falou Deus, duas vezes ouvi isto: Que o poder pertence a Deus,”. A quem pertence o poder? Ao demônio, ao diabo, à pombagira, ao sete catacumbas, a ele é que pertence? Não! Pertence a quem? A Deus. Lê o Salmo 44:6-7.

 

Se a Igreja pudesse ser derrotada, se um cristão fiel pudesse ser derrotado, Deus seria derrotado, seria envergonhado. Deus cobre de vergonha os que te odeiam. Lê o Salmo 33:16-22.

 

Amado, temos uma tarefa. Deus deu esta tarefa a ti, amada: na tua família, onde tu vais levantar, hoje, com ousadia e dizer: “Tudo bem, tu és grande, mas quem está em mim é maior.”

 

Lê 1 Samuel 17:47: “Saberá toda esta multidão que o SENHOR salva, não com espada, nem com lança; porque do SENHOR é a guerra, e ele vos entregará nas nossas mãos.” E aí começa a atitude corajosa!

 

Diz a Palavra do Senhor, em 1 Samuel 17:48: “Sucedeu que, dispondo-se o filisteu a encontrar-se com Davi, este se apressou e, deixando as suas fileiras, correu de encontro ao filisteu.”

 

O que Davi estava dizendo? “Eu não vou ficar aí enrolado com vós. Vou enfrentar a questão.”

 

Mostra 1 Samuel 17:49: “Davi meteu a mão no alforje, e tomou dali uma pedra, e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa; a pedra encravou-se-lhe na testa, e ele caiu com o rosto em terra.”

 

O que parecia ser uma tarefa gigantesca, avassaladora, foi resolvida num segundo, pelo poder de Deus. Todos estavam esperando um conflito sangrento longo e agonizante e Deus completou rapidamente e definitivamente o problema.

 

O poder de Deus substitui as nossas fraquezas, na carne. O muito de Deus substitui o pouco que tu possas ter, hoje. Por que, Apóstolo? Porque as nossas armas são espirituais, são poderosas para destruir fortalezas, sofismas, altivezes. As nossas armas são de fogo. Deus vai mandar o Seu anjo com a espada flamejante de fogo. Deus vai mandar Miguel, o defensor do povo. Deus vai mandar Gabriel, o arcanjo das Boas Novas. O poder de Deus torna obsoleto qualquer poder gigante desta Terra. O poder de Deus torna obsoleto, sem força, qualquer poder desta Terra.

 

Sabes o que Davi fez? Vê 1 Samuel 17:51: “Pelo que correu Davi, e, lançando-se sobre o filisteu, tomou-lhe a espada, e desembainhou-a, e o matou, cortando-lhe com ela a cabeça. Vendo os filisteus que era morto o seu herói, fugiram.” Olha, o gigante estava caído e não estava morto. Estava desmaiado. Só estava dando um “chilique”.

 

Tu sabes o que Deus faz? Deus impõe terror aos nossos inimigos. Deus impõe pânico aos nossos inimigos. Deus aterroriza os nossos inimigos. Armas forjadas não prosperarão contra nós. Não podem prosperar. A língua que ousar contra ti, em juízo, tu a condenarás. É a tua herança. É o teu direito. Não temas, o Senhor é contigo.

 

Deus me deu a tarefa, Deus te deu a tarefa de confrontar o gigante, hoje. Se Ele abriu o Mar Vermelho, se Ele abriu o Rio Jordão, se Ele derrubou as muralhas de Jericó, se Ele estava na fornalha com Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, se Ele estava na cova dos leões com Daniel, é porque Ele dá a saída onde não há saída. Ele disse: “Se o inimigo vem por um caminho, tem que pular fora por sete caminhos.”

 

A nossa força não é suficiente. O nosso intelecto não é suficiente. A nossa educação cultural não é suficiente. Isso é muito pouco. É muito pouco. Mas, no dia da adversidade, Deus faz do pouco, muito.

 

Ele disse no Salmo 50:15: “invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.”

 

Invoca-Me! Não te acovardes! Não baixes a cabeça! Não fiques com medo! Invoca-O no dia da angústia porque Ele te livrará!

 

A Bíblia diz: “Se tu pedires, tu receberás! O que tu ligares na Terra, vai ser ligado nos céus. O que tu desligares na Terra, será desligado nos céus!” Deus não faz nada até que nós creiamos que Ele pode fazer tudo. Até que nós enfrentemos, no Seu Nome, todas as adversidades da vida. Ele é El Shaddai. Ele é o Todo-Poderoso. Ele é Emanuel. Ele é Jeovah Jireh, o Provedor. Ele é o Deus da Glória. Ele é a Luz do mundo. Ele é o Leão da tribo de Judá. Ele é Rei de reis. Ele é Senhor de senhores. A trombeta de Deus está tocando. Anjos e arcanjos estão trazendo vitória, estão livrando, curando e salvando.

 

Portanto, hoje é o teu dia de vitória. Não importa se tu és novo, se tu és velho. Deus usa as adversidades para veres a Glória de Deus. Deus faz exatamente como faz a mãe águia. Tu sabes como é que a mãe águia treina seus filhotes? Nós temos um livro lindo explicando isto, chamado: O VÔO DA ÁGUIA E O SUCESSO DO HOMEM.

 

A mãe águia, quando tem os seus filhotes dentro do ninho, vai, pega a carne, mata o animal e traz, coloca na boca dos seus filhotes, mas há um dia em que mamãe águia chega e diz: “Filho, filha, tu nasceste para ser grande! Tu nasceste para confrontar os ventos da Terra! Tu nasceste para poder olhar o sol! Tu nasceste para sair deste ninho, para enfrentar a vida conforme mamãe e papai enfrentam.” Mesmo que o filhote da águia diga: “Mamãe, esquece isso! Eu estou aqui vendo a Xuxa e o Faustão!” A mamãe águia insiste: “Não, não, não! Tu vais ter que voar!”

 

Tu sabes o que a mãe faz? Com o bico empurra o filhote e fica na beira do ninho, lá em cima do penhasco e o filhote vem caindo. E, se ela percebe que as asas não batem, ela passa por baixo e traz de volta o filhote para o ninho. E joga pela segunda vez. E ela vai lá outra vez e pega. Quando é a décima queda livre, ele começa a bater as asas. E começa a dizer: “Não é que eu nasci para vencer?” “Não é que eu nasci para voar?” “Não é que a minha mãe tinha razão.” “Vamos à vida.”

 

Amado, hoje, tu vais voar alto. Hoje, tu vais cumprir o teu destino. Hoje, tu estás nas asas do Espírito. Hoje, tu terás coragem, firmeza e não temerás. Tu és a Noiva de Cristo. Tu és vencedora. Jesus não pode falhar. A Igreja não pode ser derrotada, por mais que principados e potestades chiem, gritem, ameacem, esperneiem, o nosso Deus avalizou com o Seu Sangue, dizendo em Apocalipse 12:11: “Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida.”

 

Eles o venceram, a despeito de suas vidas, se entregaram à Verdade de Deus. Então, começa a voar, hoje, alto. Ainda que tu me digas: “Eu vou cair, Apóstolo. Eu sou pequeno. Não vou agüentar. Minhas asas não agüentam. Minhas penas já estão se acabando.” Deus pega o teu pouquinho e bota injeção do muito, na tua vida!

 

Tu terás casa própria, um emprego com dignidade, um salário com sobras, comerás o melhor da Terra, vestir-te-ás bem, os teus filhos vão ter direito a estudar. Tu quebraste a maldição que estava sobra a tua família. A partir da tua vida começa a bênção de Deus.

 

Começa a voar alto. Começa a esticar as tuas asas. Tu nasceste para voar alto. Tu nasceste para viver num nível superior de vida. Tu nasceste para confrontar. Tu nasceste para enfrentar. Tu nasceste para vencer. Agora, se tu começas a baixar a cabeça, a acovardar-te e dizer: “Sei lá, mas o que o vizinho vai dizer de mim?” Eu te digo: O vizinho? O vizinho é que paga as tuas contas? “Mas, o que a minha filha vai dizer?” A tua filha?! Eu tenho uma tia que é católica até às medulas. Eu vou a sua casa, oro e falo de Jesus. Ela já veio aqui e ficou me olhando e disse: “Ângelo, cuidado com o purgatório. Se você não segue Nossa Senhora, você vai arder.” Eu disse: Arder?! Continua seguindo Nossa Senhora que tu vais ver onde é que vais arder.

 

O inimigo fica super feliz quando vê uma Igreja quebrada, arriada, quando vê um povo covarde, de cabeça baixa. Na hora de dar “Glória a Deus” não sai nada. Na hora de levantar a mão, só levanta um dedo.

 

Sabes o que Deus quer? Ele quer que tu tenhas um cântico de vitória! Glória a Deus. Aleluia. Glória a Deus. Já caiu! Já caiu! Já caiu! Glória a Deus. És tu que tens a tarefa. És tu que tens a tarefa de vencer. És tu que tens a tarefa de confrontar. O teu pouco com o muito de Deus vai ser poderoso!

 

Há, se eu tivesse ouvido essas verdades quando era garoto. Eu fiquei rezando muitos anos para estátuas e para ídolos. Ídolos pagãos. Eu olhava com tristeza aquele rosto ensangüentado e dizia: “Porque não fui eu?” E o ídolo olhava para mim e dizia: “E tu podias?” E eu não sabia que ali estava nada. Boca que não fala, nariz que não cheira, mãos que não apalpam, pés que não andam. Ídolos pagãos.

 

Naquele dia, na cama de um hospital, apodrecido em vida, condenado pela medicina, incapacitado pelos homens, chegou a hora. E, quando me mandaram abrir em Jó 19:25: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra.” Está aqui o resultado do Senhor na minha vida.

 

Crê. Tu tens a tarefa de derrotar esse gigante. Vamos nos unir. Vamos nos unir, irmão, em fé. Nós temos que ver instantaneamente o câncer cair, o tumor cair, o problema cair, a ameaça cair, não importa de onde vem, ou onde tu estás. O importante é ouvir a voz daquele que é Leão da tribo de Judá. Ele disse: “Vou ser por ti! Não importa quem seja contra.” Recebe essa Palavra! Recebe essa missão de derrotar o mal na tua família, na tua casa. Recebe o sinal da vitória de Deus. Em nome de Jesus.