IMERSÃO

 

AA106ACF-0E08-4709-B745-8DA41ACA6699

 

 As Pinturas da Graça Transformadora de Deus

 

A Morte ao Pecado e a Nova Vida em Cristo São Simbolizadas no Batismo| 6.1.1

1 QUE diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?

2 De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?

3 Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?

De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.

 Texto Bíblico | A Morte ao Pecado e a Nova Vida em Cristo São Simbolizadas na Plantação e no Crescimento duma Semente | 6.1.2

Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição;

Texto Bíblico | A Morte ao Pecado e a Nova Vida em Cristo São Simbolizadas na Crucificação | 6.1.3

Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.

Comentário

Capítulo 5 conclui que crentes têm a vida eterna pela graça de Deus, não importando o que acontece. Capítulo 6 responde à pergunta principal gerada por esta conclusão. Este próprio questionamento foi mencionado em Romanos 3:8. Agora, de uma forma mais completa, Paulo o responde.

A pergunta foi esperada: “Se um homem puder ter a vida eterna só pela fé simples em Jesus, então não é a verdade que ele deve continuar a pecar para que magnifique cada vez mais a graça de Deus” (v.2)? A resposta imediata de Paulo é: “Não, claro que não” (ou, “De modo nenhum” (v.2)).

Aqueles que levantam tal dúvida não entendem a graça. Paulo explica isso, mostrando que o crente é completamente batizado (ou, imerso) em Jesus Cristo. Este batismo (espiritual) em Jesus Cristo (simbolizado pelo batismo por imersão em água) é fundamental para esta graça (v.3). Como Jesus Cristo morreu na cruz, assim também o crente morre. Da mesma forma, o crente deve andar uma vida nova segundo a ressurreição de Jesus Cristo (v.4). Quando alguém recebe o batismo por imersão, está declarando que já morreu com Cristo e com Ele já ressuscitou (de uma forma espiritual). O corpo dele cruza a água como Jesus foi à cruz; está imerso como Jesus foi sepultado; e, é levantado assim como Jesus ressuscitou. Assim como o corpo está molhado, também esta pessoa é uma nova criatura em Jesus Cristo. Antes, negligenciava a verdade e permanecia no pecado; agora, vive diferentemente.


Paulo usa uma planta para a segunda pintura (v.5). Como a nova vida vem de uma semente morta, assim também vida nova deve vir de um homem que está morto com Cristo e ressurreto nEle.


A terceira pintura fica mais perto ainda à obra de Cristo na cruz. A natureza pecaminosa do homem é executada na cruz. Este “corpo do pecado” (v.6) permanece na cruz. Os braços não podem voltar ao seu lugar nem os pés podem andar novamente. O corpo se pendura para ser detruído. Esta morte é a morte do homem aos seus desejos naturais contra Deus. Ele nunca mais precisa serví-los; esse desejos têm sido mortos. Agora ele está livre.

Resumido, aqueles que verdadeiramente viraram para Cristo têm obtido a liberdade da escravidão do pecado. Estas três pinturas são entendidas por crentes, mas muitas vezes são difíceis de compreender por descrentes.

 

 

 

Print Friendly